Pendências literárias.

Pois é.

Entra dia, sai dia, entra semana, sai semana…mês, sai mês e eu aqui arrastando com a barriga algumas leituras.

Tenho alguns livros e manuais que eu literalmente preciso terminá-los.

Terminá-los para eu conseguir adquirir o conhecimento que eu preciso, pois muitas vezes eu me deparo em situações, tanto no Blender, Autocad etc que, literalmente, não sabia o que fazer…mas lendo um livro sobre estes, estava lá a resposta.

Se bem que algumas vezes, a maioria de algumas respostas eu encontrava em fóruns e blogs.

Vamos a minha lista.

Manuais da minha nova câmera e do monitor principal do meu desk.

No caso da minha câmera nova, ela tem um display aonde você navega pelos menus e faz os ajustes que você deseja, sendo bastante intuitivo.

Não tem segredo.

Mas é aquilo… fotografia é algo que não se aprende de uma hora para outra, existem alguns conceitos que eu preciso mesmo aprender…nem que seja para enganar ou mesmo para não fazer fotos tão ruins com uma câmera semi-profissional.

O manual do lado é do meu monitor de 18,5″ da LG. Comprei ele para colocar no lugar do meu de 22″ da Sansung. Bem, hoje eu uso os dois aqui, tendo duas áreas de trabalho.

Este monitor da LG é show pois ele varia o brilho  conforme a luminosidade do ambiente. Ele literalmente é feito para pessoas que trabalham longas horas na frente do micro.

Aquilo, terminar de ler este manual do monitor para fazer alguns ajustes corretos. Acho que estou cabeção demais.

Próximos:

Mais um livro ótimo, e outro que parece ser muito bom.

O  Tony Mullen é um cara que já fez alguns livros para o Blender. Li, parece piada, apenas o primeiro capitulo, e o livro é muito bom.

Está certo, alguns tips e dicas eu já conhecia lendo tutoriais etc, mas nada tira o mérito do livro.

Recomendo, mas ele não é para iniciantes.

O livro de bolso do Python é uma vergonha. Vergonha no sentido de que, eu comprei no amazon e não li nada.

Estava estudando firme Python até o começo do ano. Mas eu dei uma brecada pois comecei a fazer outras coisas. Comprei este livro no intuito de, na hora que eu estivesse afiado em P. e tivesse alguma dúvida, consultaria ele rapidamente.

Esta é a função de um pocket book: preciso de uma consulta rápida para uma dúvida?? Só tirar do bolso e procurar.

Próximo é outra judiação…

Depois de anos usando linux, tinha até saído do Ubuntu e partido para o Arch, queria aprofundar-me mais no shell script…eis que um dia, andando na Fnac de Campinas, me deparo com este livro..”pam”, comprei na hora.

Queria aprender um pouco mais sobre esse assunto. Isso porque eu tive um tutor de shell script aqui na minha cidade. Um panamenho chamado Alejandro que conhece horrores Unix.

Gente boníssima mas durão. Levava vários xingos dele, mas fazia-me aprender.

Hoje ele trabalha na Ericsson do Panamá.

Mas devido há forças ocultas, fui obrigado a sair um pouco do linux e a começar usar mais o Windows (leia-se autocad da autodesk…).

Vamos ver se daqui alguns dias e já faço meu dever de casa direito e termino de ler alguns deles.

No momento a leitura sobre Yafaray é primordial.

Pior que eu já tenho alguns livros engatilhados na minha “cesta” do Amazon. Prontos para serem comprados e mandados para cá.

73 55

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s