Não querendo mudar ninguém

Essa semana um dos donos do escritório pediu-me sugestões de como deixar o ambiente mais…deixa eu ver como eu posso definir a situação, “com atividades de bom senso”.

Não irei escrever “ecológicamente correto” ou algo deste tipo. “Por que Fábio??”.

Porque não.

Outro “Por que” agora;  Por que o dono do escritório pediu-me sugestões de como melhorar o ambiente de trabalho??

Segundo ele por causa de algumas atitudes que eu estava tomando, por iniciativa minha, e que acabaram virando hábitos aqui no escritório.

As principais delas são estas:

lixo

Parece piada, mas não tinhamos nenhum local para colocar o nosso lixo reciclável aqui no escritório. Todo o lixo produzido aqui tinha como destino o lixo comum.

Como trabalhamos com projetos, e desenhos, o volume de produção de lixo é alta, principalmente porque imprimimos muito.

Eu havia comentado isso para a faxineira e foi ela quem iniciou com o primeiro passo; ligou para a prefeitura daqui de Vinhedo e agora quase toda a semana eles aparecem aqui para fazer a coleta.

Arrumei um balde grande destinado para esse tipo de descarte.

Não tenho o interesse de solicitar uma lixeira especial para fazer a separação em vários tipos de lixo (papel, metal, plástico, etc).

O ser humano é preguiçoso por nascença, então simplifiquei em apenas um balde; fácil de acertar. O trabalho de triagem é realizado na prefeitura.

Acreditem, simplificar nestas horas é o caminho para haver a mudança.

– laboral


Já fiz um post sobre a laboral que eu faço todos os meus santos dias.

Junto com a laboral faço alguns alongamentos, uso um mouse especial, teclado, etc, para evitar reaparecer os sintomas de LER que eu tive há alguns anos.

Pois bem, todo os dias de manhã eu estava lá, firme e forte fazendo meus exercícios. Eu realizo ou dentro das propriedades do escritório, ou na rua mesmo, quando o escritório ainda não estava aberto.

Lógico que as pessoas que passam por mim, de carro, ficam olhando, mas eu não estou nem ai.

A situação evoluiu, agora eu tenho um público, e todos os desenhistas e projetistas fazem junto comigo.

O único incoveniênte é que eles ficam reclamando que o meu repertório de exercícios são os mesmos de sempre.

Respondo para pararem de reclamar. São os mesmos, mas que me salvaram e continuam me salvando.

– bloquinhos


Projetos e desenhos geram muitas impressões.

Lembram lá em cima eu comentando que imprimimos muito??

Exato, e em quase 100% das vezes, imprimimos desenhos no papel A3 para poder visualizar melhor o projeto. Mas também geramos muitas impressões erradas, inutilizando o papel para o seu destino primário.

Ok, o destino lógico seria a reciclagem, mas eu comecei a fazer bloquinhos de notas com eles. Fiz agregar um valor de uso novamente neste papel.

Fazemos muitos cálculos e anotações durante o nosso trabalho, e sempre precisamos de um bloco para escrever ou calcular.

Posso afirmar que eles fazem o maior sussesso com o corpo técnico.

– lixo digital


Segundo o dono do escritório, essa foi a minha iniciativa que ele mais gostou.

Faz alguns anos que eu descobri essas pessoas aqui, e comecei a recolher alguns lixos digitais de amigos, do pessoal do meu trabalho e até na rua.

Já encontrei umas 5 vezes, na rua, monitores CRT que o pessoal larga a deus dará.

Quando o lixo que está na minha casa já apresenta um volume considerável, eu ligo para este pessoal e eles vem para fazer a coleta.

Quem não gosta muito é a minha mãe, devido ao lixo acumulado antes da coleta.

A conclusão disso tudo: não sei.

Não comecei a realizar estas ações com o intuito de salvar as baleias ou apoiar o Greenpeace, and so on. Apenas faço porque me sinto bem e acho que é o correto a se fazer, tirando a laboral pois ou derrotava a LER ou ela me deixaria de joelhos.

As conclusões deste post não seram feitas por mim.

Atenderei o pedido do dono do escritório, mas não irei tirar braço de ferro com ele. Irei apresentar algumas sugestões para ele; se acatar, legal. Se a resposta for negativa, tranquilo, minha vida segue.

Independente do que ele decidir; continuarei fazendo o que eu acho correto.

Cl for bloquinhos, baby.
73 55

Anúncios

2 comentários sobre “Não querendo mudar ninguém

  1. huahuuah, fábio se eh foda! vc eh uma comédia msm! o pior de td eh q são coisas q vc sempre fez! Tenho ateh hj aquele bloquinho seu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s