Fluindo meu serviço no SolidWorks, com a ajuda do Blender

No escritório que eu trabalho, dos programas de modelagem 3D, voltados para área mecânica, escuto na maioria das vezes dois nomes.

SolidWorks

Inventor

Lógico, existem outros bastante famosos como Unigraphics, Catia, Rhino3D etc. Mas para o nosso dia a dia usamos basicamente estes dois clássicos. A maioria dos clientes, daqui da região de Campinas e São Paulo, usam o Solid ou a criança da Autodesk.

Uma vez ou outra aparece um cliente que solicita um trabalho diferente, como algumas modelagens no SolidEdge.

Nunca me interessei em aprendê-los durante estes anos e já comentei isto mais de uma vez aqui no blog. Sempre me dei bem em modelar através do Autocad ou no Blender.

Houve uma situação em bater mais bola com o Inventor, mas aprendi apenas o superfícial para um serviço que estávamos fazendo, e depois dei tchau.

O tempo passou e minha vida caminhava.

Em uma oportunidade rever alguns amigos do passado, eu falei para eles no que eu estava trabalhando. Estes meus amigos conheciam outras pessoas que precisam de alguém para modelar no SolidWorks.

Então lá vai eu aprender a usá-lo.

Converso com estas pessoas daqui e dali, e o primeiro teste foi o envio de um aquivo em STL.

Abrindo mais a explicação: Uma peça real foi scanneada em 3D gerando um arquivo (STL). Através deste STL eu deveria gerar o meu sólido no SolidWorks, ao invés de tirar as medidas com o paquímetro, na peça real, e sair modelando.

Literalmente era um “se vira nos 30 fabiovalinhos” com o resultado do scanner 3D.

Estes profissionais denominam este arquivo do scanner como “nuvem de pontos”. A impressão que tive desta nuvem é literalmente um “fantasma”.

Você tem ali a forma da peça, mas não consegue editar, acrescentar elementos, ver o volume do 3D…nada. Este fantasma seria a referência, a minha matrix, para gerar meu sólido.

Apenas para ilustrar, seria como colocar uma folha de seda em cima de um desenho desejado e retirar seus contornos. Esdrúxula a comparação, mas é isso ai.

O STL ao ser importada pelo Solid me apresenta esta situação abaixo.

Que bom, o UCS da tampa não está alinhado com o do ambiente 3D. E agora José?

Fiz uma caça no Google de como movimentar um STL importado no Solid e nada, a informação não veio de bate e pronta. Insisti mais alguns dias mexendo no Solid e tentando buscar a solução na net. Resultado em vão.

Apenas encontrava pessoas com o mesmo problema (quem souber como movimentar um STL no Solid, por favor compartilhe).

Minha solução foi importar o STL no Blender e ali alinhar na unha minha peça.

Rotacionado a peça da maneira correta, lá vou eu exportá-la em STl e abrí-la novamente no Solid. Mas como o destino estava de mau humor comigo, a peça abre com está aparência.

Trágico.

Tinha conseguido acertar o UCS da peça no Blender, mas ao fazer esse vai e volta de softwares a peça perdeu os detalhes. Ficou esse vulto escuro só mostrando os contornos externo.

Lá estava eu novamente na net, com a bunda na cadeira e tentando caçar a solução quando do nada eu penso na resposta.

Usei a técnica de uma foto lateral do STL para servir de base ao traçar as linhas. Mesmo método que usei no passado ao modelar carros em 3D. Assim geraria o perfil da peça.

Em seguida eu mando o “revolver” do Solid e gero minha peça circular.

Foto lateral tirada no Blender, utilizei uma opção do Solid de inserir figuras no plano e o show começa. O resultado ficou muito bom.

Essa foi a primeira grande batalha enfrentada no Solid e houve outros momentos tensos com esta peça. Ela é uma tampa, ou algo assim, de uma marca de carros.

Para gerar a extrusão do logo da marca, na parte superior da tampa, foi outro capítulo a parte.

Mas valeu, como diria o Justus “existem desafios que compensão”.

O profissional que solicitou o serviço gostou muito do resultado. Cool.

Apenas um adendo; eu sei que no Solid tem uma opção chamada “Scan3D”, mas ainda não sei como esta opção poderia ter me ajudado neste trabalho.

Pesquisarei melhor sobre isso.

Cl for STL, Baby.

73 55

Anúncios

6 comentários sobre “Fluindo meu serviço no SolidWorks, com a ajuda do Blender

  1. Boa Noite

    Como conseguiu salvar em um formato que o solidworks consiga abrir?
    tenho uma modelagem de uma peça em plastico e não consigo exportar ou salvar em um formato que o solid trabalha.

    Att…

  2. Olá Fábio!
    Trabalho com modelagem de arquivos STL no SolidWorks.
    Conheço os módulos e ferramentas certas (dentro do solidworks) para isso.
    Torna as coisas mais faceis. Bem mais faceis.

      1. Tu precisas ter o SolidWorks “Premium”, pois ele vem com o módulo “Scan to 3D” ativado.
        esse modulo é especifico para o trabalho com stl.

        Sou prestador de serviços nessa área. Estou a disposição.
        Diego_lmachado@hotmail.com.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s