Solidworks : array + shell versus array + combine + shell

A sensação de vitória é boa.

Principalmente quando você está em um terreno onde faltam horas de experiências para sentir segurança.

Vou contar uma história que ocorreu há algumas semanas.

Há uns dois meses atrás, fui solicitado para uma tarefa a ser realizada no Solidworks.

Solidworks. Famoso, todos os modeladores da área de mecânica o conhecem, importante, tem um pai famoso (Dassault) etc, mas era o software que tenho menos tempo de uso.

De imediato pensei que fosse um serviço simples, mas ao desenvolver o projeto e começar a atender os comentários, a situação começou a ficar sério e severo como um tornado classe F3.

Ainda não tenho permissão de divulgar o serviço, mas resolvi colocar um exemplo simples, como mostrado acima, para comentar o que eu passei.

Vamos lá: O cliente solicitou um modelo parecido com um misturador, desta forma eu gerei um modelo base como mostrado na primeira figura acima.

Com o modelo base pronto, era só criar uma revolução (array) gerando 5 elementos em 360 graus.

Tomem ai a figura para ilustrar o que estou falando.

Além de fazer este array, também precisava mandar um shell (casca) para transformar esta estrutura em uma rede de tubos.

Imaginem que irá passar whatever fluído qualquer através deste modelo.

Está fácil até agora, vamos para os problemas logo:

  • ao mandar o array, utilizei a opção de selecionar recursos como padrão. O Solid começou a enviar aquelas mensagens que havia um erro e não era possível finalizar o procedimento.
    Olha, algumas mensagens do Solid não ajudam em nada (ou sou muito ruim em interpretar texto). Mas em uma parte da mensagem, ele fala para utilizar o recurso usando a opção de selecionar corpos como padrão.
    Deu certo mas  não dá maneira que eu queria.

  • Revolução gerada, agora precisava realizar o shell (casca).
    Como foi gerado uma revolução de corpos como padrão (5 vezes) eu precisava criar 5 shells.
    Você ai expert em Soliworks, que já visualizou de cara o meu erro, não ria. Estou aprendendo.

  • Chegamos no olho do tornado.
    Comecei a conferir meus tubos usando o feature vista de sessão (como detesto o Solid em português. Traduzido fica muito estranho) e vejo que na interferência entre os sólidos, o caminho interno não foi gerado pelo shell.
    Literalmente a passagem estava bloqueada.

O resultado disso foram dois dias quebrando minha cabeça em como resolver esta situação.

Refiz este trabalho umas 3 vezes, tentei caçar algum tutorial no Youtube, ou na net, e nada. Até comecei a refazer o modelo usando superfícies ao invés de sólidos. Não sabia mais para onde procurar e não tinha algum amigo que tivesse conhecimento a fundo para me socorrer.

Ao começar a correr mais a fundo os menus do Solid, descobri um recurso que trouxe-me a luz.

Operações booleanas, essa é a chave, e o nome do salvador é o COMBINE.

O recurso combine faz com que os corpos selecionado se tornem um (como o Join do Blender ou o Union do Autocad).

Através dele eu consegui finalizar a minha peça, tendo como resultado final, na árvore do modelo, a figura a seguir.

Ho ho ho, epic win.

A lógica da árvore é bem clara; array depois combinar/fundir todos os sólidos e finalizar com apenas um único shell.

Limpo, preciso e matador.

Houveram momentos onde comecei a duvidar de mim, corri atrás de uma luz mas não vinha a informação que eu precisa.

Experiência é tudo pois mesmo você sabendo todos os recursos, só o tempo mesmo para você visualizar a lógica certa para gerar o seu modelo.

Acreditem nas minhas palavras: o modelo real era bem mais complexo do que este utilizado para o post.

Não sou infalível. Houveram momentos em que eu tive que me ajoelhar.

Mas neste caso eu me senti o Derrick Rose do Solidworks.

Cl for Seven

73 55

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s