Arquivo da tag: LinkedIn

Fluid simulation test – Detalhes de sua produção

Tentei colocar este texto no LinkedIn, mas por mudança de regras do pessoal de lá existe um limite de caracteres por post. Como eu gosto de escrever bastante, quando estou empolgado, então “zé fi ni”.

Go.

A simulação no vídeo é feita no Blender 3D. Coloquei duas simulações de um fluído passando por reservatório de confecção simples.

A primeira simulação utilizei a simulações de fluído do próprio Blender com uma configuração de viscosidade dá água (botei água azul apenas para facilitar a visualização).

Fazia anos que não mexia com isso e passei um dia inteiro relambrando alguns settings gerando-me alguns entraves e goles de café a mais barriga a dentro.

Uma coisa que eu observei foi o comportamento dá água. Esquece, não irá simular de forma precisa a vida real a sua reologia. Veja apenas isso como uma ilustração animada e não como estudo de comportamento reológico.

Se a intenção fosse simular para calcular algum parâmetro de maneira precisa (a temperatura em algum ponto, velocidades, forças aplicadas na superfície interna do reservatório) ai utilizaria software de gente grande como o Ansys Workbench.

A segunda simulação do vídeo fiz alguns truques visuais: Utilizei a simulação de fluídos apenas na saída do reservatório e o efeito da água na parte interna é um mesh sendo deformado de maneira randômica.

Qual a vantagem disso chefe? Simples, me poupa gasto computacional para gerar os arquivos de simulação de fluído.

Nas duas simulação utilizei o render engine antigo do Blender 3D pois seria bem mais rápido para renderizar minha animação.

Poderia criar uma animação de maneira mais realística? Com certeza, mas eu iria gastar muito tempo de máquina aqui para renderizar todos os frames.

Estou falando de dias e não estou brincando.

Para estes casos, só se eu tivesse um cluster ou usar algum supercomputador da Cenapad da Unicamp (off ao texto: ohh quase usei um deles para simulações do Ansys em um trabalho que eu estava fazendo. Amor a primeira vista).

Para fechar, vamos ver se o LinkedIn muda sua política de posts com conteúdos maiores. Teve uma época que eles abriram esta possibilidade e até postei um texto grande, agora fecharam a porteira.

What a pity.

73 55

Anúncios